Flores que não duram muito tempo

Flores que não duram muito tempo

Você compra uma planta linda, repleta de flores, leva-a para casa e cuida com carinho e atenção. Então, depois de alguns meses, sua plantinha para de dar flores e você não entende o motivo. Saiba que a culpa não é sua. Existem algumas espécies de plantas que, depois que passa o tempo de floração, ficam por um tempo sem novas flores – e muitas vezes as flores nunca mais nascem. Abaixo, confira 3 espécies de flores que não costumam durar muito tempo.

Lírio-da-paz (Spathiphyllum wallisii): originária da América do Sul, é uma planta fácil de cuidar e uma boa opção para ambientes internos. Deve ser cultivada em ambientes de meia-sombra, em vasos ou canteiros, com irrigação periódica. Além de sua beleza, auxilia na diminuição dos níveis de toxinas no ar. Sua floração ocorre durante a primavera e o verão.

Tulipa (Tulipa hybrida): de extrema beleza e floração única, existem mais de 100 espécies de tulipas, de cores e formas variadas. Sua folhagem pode ser alongada, oval ou no formato de lanças. Não se adaptam bem ao clima do Brasil, embora seja possível cultivar e manter plantações desta flor em estufas. Gostam de sol, mas não excessivo, e regas regulares. Florescem durante o início da primavera.

Crisântemo (Chrysanthemum): de origem asiática, o crisântemo é uma das plantas mais comercializadas do mundo. No Japão, é vista como um símbolo do sol e do imperador. Suas flores podem possuir vários formatos e cores diferentes, como: amarelo, branco, vermelho, azul e roxo. Se desenvolve bem em períodos de dias curtos, florescendo naturalmente no inverno.

E aí, você imaginava que essas plantas não duravam muito? Já teve alguma delas em sua casa? Não deixe de comentar e dar sua opinião. Continue acompanhando o blog Jardim das Ideias STIHL e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *