Flor-de-maio: o que é e como cultivar

Flor-de-maio: o que é e como cultivar

Você conhece a flor-de-maio? A Schlumbergera truncata é um tipo de cacto da família Cactaceae, nativa da Mata Atlântica do Sudeste brasileiro. Também conhecida como flor-de-seda, cacto-de-natal e cacto-de-maio, ela se destaca pela beleza de suas pétalas e é um gênero muito popular em vasos e jardineiras, por causa da facilidade do cultivo, sua cor e fisionomia.

As flores podem possuir vários tons de rosa, além da cor laranja, amarelo-pálido, branca ou vermelha. Quando polinizadas, a flor-de-maio produz pequenos frutos de 1 ou 2 centímetros que, quando maduros, adquirem uma forte coloração rosada. Esta cultivar pode chegar a 30 cm de altura, mas tem um sistema radicular relativamente pequeno, e pode ser cultivada até mesmo em vasos com 10 cm de diâmetro. E como que é feito o cultivo? O Jardim das Ideias vai te trazer dicas de como criar esse cacto.

Escolha o local certo: a flor-de-maio prefere locais com sombra, mas com luminosidade. Então, escolha uma área que não seja totalmente ensolarada e nem totalmente escura.

Prepare o vaso: a flor-de-maio pode crescer até atingir 30 centímetros, podendo ter um caimento. Uma dica é comprar um vaso com corrente que você possa pendurar na parede. Ele deve ser forrado com areia e pedras, porque a planta precisa de um solo bem drenado para conseguir crescer. Complete com terra vegetal e substrato para mudas com pH neutro.

Regue com cuidado: você deve tomar certa cautela ao por água na sua flor-de-maio. Como ela é um cacto, molhar uma vez por semana ou quando a terra estiver seca é o suficiente para a planta não murchar antes do período de descanso.

Não se preocupe com a queda das flores, mas preste atenção: a planta costuma florar entre abril, podendo se estender até julho. Ao término da floração, ali pelo mês de agosto, as flores irão começar a cair, mas isso é normal, faz parte do período de descanso da flor-de-maio. Você deverá apenas continuar dando os nutrientes necessários para a planta voltar a desenvolver. Caso as plantas caiam antes do final, pode ser um problema de excesso de umidade, então tome cuidado para não regar demais e continue mantendo os substratos necessários.

E agora você está pronta para colocar as mãos na terra? Aproveite estas informações e partiu jardinagem! Até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *