4 árvores resistentes para se ter no quintal

4 árvores resistentes para se ter no quintal

As árvores além de proporcionarem uma bela sombra e purificarem o ar do seu lar, ainda embelezam o seu espaço.

Que tal investir em espécies resistentes que irão suportar diversas condições climáticas como seca, períodos de chuvas frequentes ou geadas? Esta pode ser uma ótima aposta para quem adora jardinagem mas que não possui muito tempo para os cuidados que a maioria das plantinhas demandam.

Listamos 4 espécies de árvores resistentes para você escolher a que mais combina com a sua casa! Confira!

Árvore de guabiroba (Campomanesia xanthocarpa)

Esta árvore é uma das mais cultuadas nas regiões de Mata Atlântica e Cerrado. Mesmo preferindo clima úmido, esta espécie se adapta muito bem aos locais em que há períodos de seca e também em regiões frias, já que suporta temperaturas de até 0ºC. Frutífera, ela produz a guabiroba, fruta rica em proteínas e vitaminas do complexo B.

Umbu (Spondias tuberosa L.)
O umbuzeiro já foi conhecido como a “árvore sagrada do sertão” e é uma planta que suporta estiagem por conta do seu ótimo armazenamento de água em suas raízes. Ela é propícia para o cultivo nas regiões da Caatinga e seus frutos são ricos em vitamina C.
Ipê-roxo (Handroanthus impetiginosus)
Esta árvore é uma das favoritas para o plantio doméstico. O ipê roxo apresenta lindas flores e seu desenvolvimento anual é bastante satisfatório, podendo crescer até 1 metro por ano. É uma ótima opção para climas amenos e frios, como de regiões serranas, pois é resistente as geadas.
Pequizeiro (Caryocar brasiliense)
Outra árvore resistente ao calor e aos períodos de seca é o pequizeiro. Esta espécie consegue se regenerar durante as temporadas sem água, a ponto de ainda conseguir produzir frutos na primavera e no verão, de novembro a janeiro. O pequi é uma fruta típica do nordeste brasileiro e é rico em vitamina A, C e E.
Gostou desta publicação? Não se esqueça de compartilhar com seus amigos! Até o próximo!
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *