Como transferir plantas da terra para a água

Como transferir plantas da terra para a água

As plantas, além de deixarem o ambiente muito mais bonito, ainda trazem vida para o lugar. No entanto, nem todas as pessoas têm tempo ou paciência para cuidar delas em um jardim. Por isso, hoje você poderá conferir algumas dicas de como transferir suas plantinhas da terra para a água, que além de dar um visual lindo, são mais fáceis de cuidar. Confira a seguir:

Primeiro passo: limpe bem suas raízes

Após você retirar com cuidado a sua plantinha do seu jardim ou de um vaso, você deve limpar bem suas raízes. Para isso, é necessário que você utilize um recipiente com água e molhe apenas a raiz de sua planta, tirando toda a terra que estiver nela, para que não suje seu vaso novo.

Segundo passo: faça a poda

Para que ela fique ainda mais bonita, é recomendado que você verifique se a planta está com folhas amarelas, galhos murchos ou secos, então é a hora de fazer a poda. Isso faz com que ela fique mais saudável e se desenvolva melhor. O procedimento é bem simples, basta utilizar uma tesoura própria para a poda e ir cortando com cuidado as folhas que estiverem com uma aparência feia. A STIHL oferece ótimas ferramentas para jardinagem, vale conferir no site.

Terceiro passo: transfira para o vaso

A hora mais esperada chegou! Para transferir sua planta para o novo vaso de vidro, primeiro você precisa pesquisar qual o melhor tamanho, e aí sim, acomodar sua plantinha no novo recipiente. Quanto à rega, não é necessário que seja feita, apenas se deve trocar a água do seu vaso pelo menos uma vez por semana, quando estiver ficando turva.

Dica extra: opte por plantas de sombra e que tenham raízes aéreas para colocar em seus recipientes de água. Sugestões: filodendros, costela-de-adão, aglaonema e jiboia.

E aí, gostou das dicas? Se você ficou com alguma dúvida, registre nos comentários ou nos envie sua questão na área de perguntas e respostas. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *