Como fazer mudas de samambaia

Como fazer mudas de samambaia

Uma das plantas mais amadas pelos jardineiros, a samambaia se destaca pela sua beleza e variedade de folhas. Neste artigo você aprenderá, de maneira prática, algumas formas de propagá-la em seu ambiente.

Há três maneiras convencionais de multiplicar a samambaia: por divisão de touceira, por rizoma ou pelos esporos. Confira um pouco mais sobre cada uma delas.

Por touceira

Este método gera plantas já adultas e é indicado para espécies como a samambaia-de-metro (Nephrolepis cordifolia), a samambaia-rabo-de-peixe (Nephrolepis falcata ‘Furcans’) e a samambaia-paulista (Nephrolepis pectinata).

1 – Retire a planta do vaso e limpe a terra das raízes;
2 – Em seguida, separe as touceiras com suas próprias mãos;
3 – Plante as mudas que você separou em vasos preenchidos com terra e matéria orgânica. Certifique-se de deixar a planta em locais sombreados e regar sempre que estiver seca.

Por rizoma (caule)

Indicada para espécies como renda-portuguesa (Davallia fejeensis) e a samambaia-azul (Phlebodium aureum), esta técnica é também muito simples de ser feita.

1 – Com a ajuda de uma tesoura, corte um pedaço do caule subterrâneo (rizoma) da samambaia. Certifique-se que o pedaço que você separou tenha ao menos duas gemas, pois é a partir delas que uma nova planta crescerá;
2 – Escolha um recipiente com terra e matéria orgânica onde ficará a sua planta. Em seguida, insira o rizoma cortado com as gemas para o lado de fora;
3 – Sua samambaia começará a brotar após três ou quatro meses. Lembre-se de mantê-la sempre em áreas de meia-sombra e com terra sempre úmida.

Por esporos

Sabe aquelas bolinhas que ficam atrás das folhas? Elas são os esporos que você precisa coletar para multiplicar a samambaia em outros lugares. Dentro os métodos citados no texto, este é o mais lento e complexo, pois necessita de muita paciência e cuidado.

1 – Colete os esporos com a ajuda de um pincel ou pedaço de papel;
2 – Despeje os esporos em um recipiente com substrato para semeadura, regue e, em seguida, cubra com uma placa de vidro todo o recipiente. Mantenha em ambiente de sombra e não regue mais;
3 – Em torno de seis meses as mudas começarão a brotar e poderão ser trocadas para os vasos;
4 – Mantenha os vasos em locais sombreados, regue sempre que preciso. Após mais seis meses, as samambaias estarão grandes o suficiente para serem transplantadas para vasos maiores e definitivos.

Gostou das dicas de como aumentar a quantidade de samambaias em seu ambiente? Compartilhe com seus amigos. Se tiver alguma dúvida, é só colocar nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *