Passo-a-passo

8 dicas super fáceis para cuidar do seu jardim!

Crédito americaservis.com.br

Se você quer facilitar os cuidados com seu jardim, fique de olho nestas dicas:

1) Faça o seu próprio espalhador de adubo: uma lata grande com uma porção de furos no fundo. Tampe com plástico, bem amarrado, e sacuda a lata em cima das plantas.
2) Pendure um saco de lixo no cabo de seu cortador de grama, para ir colocando as pedras e entulho que for encontrando pelo caminho.
3) Um bom fertilizante para plantas é a água da chuva.
4) Para afastar qualquer tipo de inseto, plante um pé de alho junto com sua planta. Conforme for crescendo, vá cortando, para que não perturbe a planta original. Os insetos detestam o alho, mas para a planta não é prejudicial.
5) Você pode obter um excelente adubo para suas plantas, batendo no liquidificador uma porção de cascas de batata.
6) Água salgada fervente matará imediatamente as ervas daninhas e o mato que cresce nas brechas do caminho cimentado.
7) A água em que se cozinharam ovos é cheia de minerais. Assim, é u...

30 de julho de 2014

1 comentário

Passo-a-passo

Como fazer mudas de violetas

Crédito apatotadopitaco.blogspot.com

É muito simples produzir mudas de violetas, plantas que se adaptam muito bem aos ambientes internos. Se mantidas em condições favoráveis, podem florir o ano todo. A escolha do local com bastante luminosidade para o cultivo é fundamental para o bom desenvolvimento das violetas: mantenha as plantas perto de janelas luminosas, mas protegidas de incidência de luz solar direta, que pode queimar folhas e flores. Anotou estas dicas? Agora veja como produzir as mudas de dois jeitos diferentes e muito práticos!

Mudas na terra
1) Com ajuda de um estilete ou tesoura de ponta afiada, retire com cuidado as folhas bem vigorosas da planta original.
2) Forre um vaso de cerâmica ou plástico com uma camada de pedriscos ou argila expandida. Complete o vaso com uma mistura de três partes de terra e uma de areia.
3) Introduza a haste da folha removida na terra bem lentamente, sem apertar ou enterrar muito.
4) Regue a muda duas vezes por semana. Em 60 dias, e...

29 de julho de 2014

1 comentário

Passo-a-passo

Como fazer seu próprio biofertilizante

Um dos mais completos fertilizantes para uso em jardinagem, plantas ornamentais, hortaliças e folhagens, o biofertilizante é também um excelente repelente natural de insetos. Confira abaixo a receita para produzir o material em casa.

Crédito agrariossaocarlos.blogspot.com

Você vai precisar de:
- 1 recipiente (o ideal é um garrafão de água de 20 litros ou uma bombona de 50 até 200 litros)
- esterco bovino fresco
- água não clorada (pode ser de fontes, poços ou água da chuva. Outro modo de obter a água não clorada é utilizar água da torneira e deixar descansar destampada por pelo menos 24 horas).

Modo de fazer:
Misture 50% de água e 50% de esterco no recipiente. Deixe fermentar naturalmente. O recipiente deve ser fechado, evitando a entrada de ar. No entanto, como a fermentação produz gás metano, que pode provocar a explosão do recipiente, deve ser utilizada uma mangueira na tampa do galão de água. A ponta da mangueira deve ficar dentro de uma garrafa pet com água.
Após 30...

24 de julho de 2014

1 comentário

Passo-a-passo

Como cultivar mini rosas

Crédito www.baixaki.com.br

Originárias da China, as mini rosas são também conhecidas como roseiras miniatura ou rosa miniatura. Seus ramos atingem de 30 a 60 centímetros de altura e o florescimento é contínuo. As flores variam entre o branco, vermelho, rosa, laranja, amarelo e púrpura. Anote nossas dicas para cultivar com sucesso esta espécie tão linda:

1) Após o plantio, é aconselhável acrescentar ao solo farinha de osso, torta de mamona ou adubo orgânico cerca de 3 vezes ao ano.
2) Até a primeira floração, as regas devem ser diárias em caso de estiagem. Após o período de floração, a terra deve permanecer mais seca entre uma rega e outra.
3) Se preferir cultivar as mini rosas em vaso, o local definitivo deve ter no mínimo 12 centímetros de diâmetro. As mudas provavelmente darão flores após 40 ou 50 dias.
4) Escolha um local bem iluminado e, de preferência, que receba uma boa dose de sol direto por dia. As mini rosas gostam de viver ao ar livre e precisam de sol para floresce...

23 de julho de 2014

4 comentários

Passo-a-passo

Como fazer uma horta de tomatinhos

Além de deliciosos, os tomatinhos cereja são uma ótima opção para cultivar em casa. Você ainda pode decorar seu jardim com eles. Hoje vamos ensinar a plantá-los. Veja como é fácil:

Você vai precisar de:
*1 tutor (base para a planta se apoiar quando crescer. Você pode fazer com vara de pescar e arame, conforme a imagem);
*Manta bidim
*Vaso (80 cm x 50 cm)
*Terra adubada
*Mudas de tomatinhos

ATENÇÃO: É importante que o vaso tenha pelo menos um furo para drenagem.

Preparo do vaso:
1) Coloque a manta bidim sobre o furo no vaso;
2) Despeja a terra até a metade do vaso, mais ou menos. Alise-a e se estiver empedrada, desfaça as bolinhas com a mão para que a planta possa se desenvolver bem.
3) Enterre o tutor no vaso;
4) Complete o vaso com terra e alise-a

Crédito: Aline Arruda - UOL

Plantio das mudas:
1) Retire as mudas com cuidado do vaso para que o torrão nas se desfaça;
2) Cave um buraco no vaso para colocar as mudas: disponha as mudas no vaso de modo que a planta pos...

17 de julho de 2014

1 comentário

Passo-a-passo

Cuidados com a qualidade da água que é dada às plantas!

A saúde das plantas está diretamente relacionada aos nutrientes fornecidos a elas para o crescimento. Destes, a água é um dos mais importantes. Por isso, é importante ter cuidado com a sua qualidade. O cloro, por exemplo, é um componente prejudicial para as plantas. Por isso, separamos algumas dicas para eliminar o cloro da água antes de regar as plantas.

Crédito www.movimentocyan.com.br

Confira:

1) Deixe a água em um recipiente de vidro sob sol forte por algumas horas. Desse modo, o cloro se transforma em gás e evapora.
2) Ferva a água por cerca de 20 minutos;
3) Utilize cápsulas de vitamina C na água, pois elas possuem substâncias que ajudam a neutralizar o cloro;
4) Instale sistemas de eliminação do cloro com filtros de carbono. Este método elimina completamente o cloro da água;

Você também pode optar por uma irrigação sustentável, utilizando a água da chuva, que também é rica em nitrogênio dissolvido, elemento fundamental para o desenvolvimento das plantas.

Outra opção...

14 de julho de 2014

1 comentário

Passo-a-passo

5 dúvidas sobre o cultivo de orquídeas

Crédito: ecoflora.com.br

1. Por que não se deve por prato embaixo do pote?

O acúmulo de água nas raízes pode apodrecê-las rapidamente. As orquídeas precisam de solo úmido, mas não toleram excesso de água. O ideal é que sejam feitas de 02 a 03 regas durante a semana. Para que a água não acumule, você pode colocar o vaso em um ambiente que possibilite que ela escorra.

2. Dá pra plantar a orquídea na terra?
É bom evitar, são poucas as orquídeas terrestres. Na dúvida, plante em substrato próprio, vendido em floriculturas. O substrato ideal é composto de carvão, casca de coco e tronco de árvores. Algumas espécies que podem ser cultivadas na terra: Arundina bambusifolia, Bletia catenulata e Epidendrum cinnabarinum.

3. Só é necessário tratar orquídeas com água?
Sim, a princípio. Nos dias em que a sua orquídea não for irrigada, para manter a umidade é interessante que seja borrifada água sobre as folhas. Entretanto, você também pode borrifar a planta uma vez por mês com adubo NPK 2...

10 de julho de 2014

Nenhum comentário

Passo-a-passo

Como fazer farinha de casca de ovos para as plantas

A casca de ovo é rica em cálcio, potássio e magnésio, transformando-se em um nutriente muito importante para as plantas. Transformar as cascas em uma farinha é a melhor maneira de aproveitar os nutrientes no solo. É barato e fácil de fazer.

Crédito hortamiga

1º passo: reúna cascas de ovos e coloque-as secar na sombra. Não se deve colocar o material no sol. Também não é indicado guardá-las para secar depois. Vá usando e secando, depois guarde.

2º passo: Assim que tiver uma boa quantidade de cascas secas, coloque-as em um saco e quebre-as apertando com as mãos. Depois, coloque no liquidificador e triture-as até que virem pó.

3º passo: Guarde a farinha em um vidro com tampa e em um lugar fresco.

USO: utilize uma colher de café em vasos pequenos e duas ou três em vasos maiores. Utilize a farinha uma vez a cada quarenta dias. Se preferir, aplique a farinha a cada vinte dias, mas em meia dose.

Se for preparar terra ou substrato para jardinagem ou vasos, coloque 50 gramas para ...

03 de julho de 2014

1 comentário