Bordadura: melhores espécies e dicas para compor o seu canteiro

Bordadura: melhores espécies e dicas para compor o seu canteiro

Uma bela e delicada maneira de dividir ambientes e garantir o fácil deslocamento em jardins, as bordaduras são plantas selecionadas especialmente para compor trilhos coloridos e delimitar espaços.

Diferente de maciços (um conjunto de plantas da mesma espécie em um mesmo espaço) e forrações (indicadas para cobrir determinadas áreas de um jardim), as bordaduras tem finalidade estética e funcional.

Plantas mais indicadas

As opções certeiras para o desenvolvimento de bordaduras são as que têm crescimento horizontal. As já conhecidas “rasteiras”, populares entre os apaixonados por jardins, conferem toque especial e pouca necessidade de manutenção.

A seguir, confira uma lista especial que irá facilitar a sua escolha e colorir o seu espaço verde.

Clorófito (Chlorophytum comosum): verdinho e superfofo, o clorofito pode chegar a 30 centímetros de altura. As suas folhas têm listras em verde e branco. Não necessitam de constante manutenção, gostam de sol e toleram períodos de seca.

Crista-De-Galo (Celosia cristata): parecida com um veludo, a crista-de-galo pode ser encontrada nos tons de vermelho, amarelo, roxo, branco, rosa e outra variações. Gosta de sol pleno e tem a sua multiplicação feita por meio de sementes.

Boca-De-Leão (Anthirrhinum majus): incrivelmente colorida, a boca-de-leão é espécie apaixonada por ambientes iluminados e solos úmidos. Pode ser cultivada por meio de sementes e tem sua floração em 90 dias após a germinação.

Pingo-De-Ouro (Duranta repens): essa opção costuma ter seu crescimento vertical e rápido, por isso demanda constante manutenção. Gosta de sol e solo fértil. Tem pequenas e delicadas flores que surgem ao longo do ano.

Maria-Sem-Vergonha (Impatiens walleriana): também chamada de beijinho, a maria-sem-vergonha tem crescimento acelerado e seus tons são variados: branco, roxo, laranja, bicolores, rosa, laranja, entre outros. Não é fã de climas frios.

Agora que você já conhece as espécies ideais para criar a sua bordadura exclusiva, que tal começar? Esperamos que você tenha gostado. Fique de olho em nossas redes para conferir mais novidades e dicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *