As árvores e a chuva


Foto:Eric Gaba – Cajueiro

No interior brasileiro, as pessoas do campo, observam as árvores para prever seca ou chuvas.
Aqui alguns exemplos:

– Quando o cajueiro adianta sua florada é sinal que terá chuvas no ano seguinte.
– Se o pé de café apresenta, na primavera, folhas ásperas, haverá seca, porém se macias, choverá a estação toda.
– É prenúncio de chuvas se o angico solta muita resina.
– Paineira com a copa bem florida, no inicio da primavera, indica boas chuvas.
– Se nos últimos meses do ano as cascas das árvores ficarem muito úmidas é sinal de muita chuva.
– Quando a aroeira-pimenteira segura os frutos, há chuvas pela frente.
– Ipê-roxo com florada prolongada, no meio do ano indica chuva.
– A copa florida, na mangueira é sinal de chuva boa, mas se as flores ficam escondidas é seca.
– Se o pau-mocó não floresce, as chuvas não aparecem.
– Se a orelha-de-negro renova todas as folhas ao mesmo tempo, há sintoma de bastante chuva.

Autor: Raul Cânovas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *