Para Pensar

Kaizuka - Juniperus chinensis “Torulosa”

Decido por fim escrever sobre ela. Para muitos, de beleza indescritível, quase inefável e delicadamente inebriante, é, a meu modo de ver, um símbolo convencionado de status social.


Algo assim como um ícone tridimensional que nos induz a reconhecer o luxo, a kaizuka tem se transformado em um símbolo convencionado, na tentativa de deixar implícito o refinamento de um estilo paisagístico às vezes um tanto sofisticado e, por isso, afetado e artificioso.

Usada de forma ostensiva, junto à entrada de residências ou mesmo compondo fachadas, é a tentativa de definir, mais do que um estilo de arquitetura paisagística, o prestígio atribuído ao proprietário. A planta carrega, na sua estética, um histórico oriental formidável. Seu crescimento vertical retorcido, apresentando folhagem superposta, originou o apelido de kaizuka, que em japonês significa “amontoado de conchas”, aludindo aos sítios arqueológicos localizados, nesse país, à beira mar. Algo parecido com nossos sambaquis ou concheiros, depósitos construídos pelo homem primitivo com materiais calcáreos que, empilhados, durante séculos, sofreram a ação da interpérie fossilizando-se e petrificando os diferentes detritos. O formato lembra muito o desta conífera, por ser cônico.

Seu uso indiscriminado, nos trópicos, choca por se tratar de uma espécie de clima temperado, identificada com um estilo de jardins e de vida, de uma região onde as pessoas vivenciam tradições e comportamentos muito diferentes dos nossos.

Seu cultivo, extensamente difundido no sul dos Estados Unidos, onde foi introduzida no século XVIII, contagiou, talvez, muita gente que busca belezas extravagantes, exóticas e que, com o passar do tempo, tornam se vulgares.

Que tal preferir a simplicidade? Algo muitas vezes perdido e esquecido quando projetamos um espaço a céu aberto, um lugar que deveria ser bucolicamente pensado, para nosso deleite sincero, sem futilidades, nem ostentações que procurem atrair a admiração dos outros, mas apenas alimentando o amor que sentimos por nós mesmos.

Simplesmente isto...

Autor: Raul Cânovas

24 de novembro de 2010

89 comentários

Carregando...
  • Sabrina comentou dia 29 de novembro:

    Olá, tenho dois vasos de kaizuka e um deles começou a secar o tronco e alguns galhos, o que devo fazer para a planta não morrer. Os vasos ficam em frente a casa e pegam muito sol.
    Obrigada,
    Sabrina

  • Jardim das Ideias STIHL comentou dia 01 de dezembro:

    Oi Sabrina,

    O sol é necessário para o bom desenvolvimento delas. As regas devem ser limitadas já que não admitem solos encharcados.

    A seca dos galhos pode estar relacionada à infestação de ácaros que podem ser combatidos pulverizando as plantas com Kumulus ou Dimy enxofre ou, ainda, com Bometil.

    Uma adubação com fertilizante Kristalon 19-06-20 + micronutrientes pode ajudar na recuperação de suas kaizukas.

    Abraços,

  • edson comentou dia 01 de junho:

    tenho 3 kaizukas plantadas em vazos pleno sol,e durante a noite tenho um poste de luz que a deixa como se tivesse sol 24horas isso pode afetar a planta

  • Raul Cânovas comentou dia 06 de junho:

    Sim Edson,

    Use um timer para que possam repousar durante algumas horas. Isto é salutar para as Kaizucas e para seu bolso, já que economizará energia.

    Abraços,

  • ines scarambone comentou dia 12 de novembro:

    a arvore Juniperus chinensis (kaizuka) só existe 1 tipo ou tem outras variedades.Pois falaram pra mim que tem a falsa e a verdadeira ( por favor me ajudem....obrigada

  • Raul Cânovas comentou dia 16 de novembro:

    Oi Inês,
    As plantas, como as pessoas, possuem nome e sobrenome, sendo que, na nomenclatura botânica não há homônimos. O Juniperus chinensis “Torulosa” (Kaizuka) é único e possui características próprias que o distinguem dos outros mais de cinqüenta Juniperus, conhecidos popularmente como zimbros. Todos eles são coníferas da família das Cupressaceae.
    Abraços,

  • ines scarambone comentou dia 08 de janeiro:

    Por favor tambem gostaria de saber sobre o cipreste italiano se existe o falso ou verdadeiro pois comprei 2 mudas e estou achando seus ramos ralos e quando vi nas fotos suas folhas eram bem fechadas quase não se via o tronco.....grata

  • Raul Cânovas comentou dia 09 de janeiro:

    O Cipreste-italiano (Cupressus sempervirens ), Ines, é também chamado de cipreste-comum, cipreste-de-itália, cipreste-do-mediterrâneo e cipreste-piramidal. É uma conífera nativa no Sul da Europa, na região do Mediterraneo, onde alcança 45 metros de altura; sua copa é colunar, estreita e esguia, com ramos muito bem nivelados. Existem outros ciprestes como o macrocarpa, o lusitanica, o arizonica e outros que, quando jovens, podem ser confundidos.

    No entanto, falando botanicamente, não há plantas falsas ou verdadeiras e sim especies ou variedades que se diferenciam entre si. Para certificarse de que não estão lhe dando “gato por lebre” compre plantas de produtores responsáveis e sérios.

    Abraços,

  • Silvia Gonzalez comentou dia 27 de março:

    Plantei 4 Kaizukas no jardim, em algumas partes as folhas estão secas, será que estão morrendo? Se sim, quais as dicas para que isso nào venha a acontecer novamente? Abri uma cova maior que o torrão, usei substrato,NPK 4-14-8, não sei o pode ter dado errado.Devo deixar com a estopa no torrão? Obrigada

  • Raul Cânovas comentou dia 27 de março:

    Silvia,

    É possível que tenham sentido o transplante. Você fez tudo certo, desde que não tenha abusado na dosagem do fertilizante. Se for estopa de fibra natural sim, caso contrário deve ser retirada a proteção do torrão.

    Procure molhar a copa na hora das regas, que devem ser feitas logo cedo de manhã ou no final da tarde. Uma adubação com fertilizante Kristalon 19-06-20 + micronutrientes pode ajudar na recuperação de suas kaizukas.

    Abraços,

  • Junior Gomes comentou dia 26 de junho:

    Boa tarde, tambem plantei duas kaizuka em vasos e uma delas está secando, coloquei seixos no fundo para drenar a agua e terra vegetal, a vendedora disse para molhar todos os dias e que demora 60 dias para firmar, é isso mesmo?

  • Raul Cânovas comentou dia 09 de julho:

    Não, Junior,

    Se uma das mudas está secando não vai melhorar esperando 60 dias. Ela deve ter sofrido algum dano nas raízes, por ocasião do transplante ou até adubação em demasia . O excesso de água prejudica a kaizuka, é melhor pulverizar as folhas com água diariamente, bem cedo ou no final da tarde e regar duas vezes por semana de maneira que a terra mantenha-se levemente úmida.

    Abraços,

  • demerval guedes comentou dia 06 de agosto:

    Tenho um bonsai juniperus, acredito que ele estaja com acaros.Percebo algumas teias de aranhas, e as agulhas estão ficando de cor clara, soltando a cor quando pegamos. Tem alguma solução?

  • Raul Cânovas comentou dia 16 de agosto:

    Sim Demerval,

    Sempre há uma solução para as plantas com problemas. É possível que seu junípero sofra com o ataque de ácaros, as coníferas são alvo deles. Há várias formas de combatê-los:

    1. Pulverizações com enxofre ou calda sulfocálcica;
    2. Inseticidas (Natural Rural, Combat, etc.);
    3. Forrar com cascas de arroz o solo do vaso. A reflexão da luz os inibe;
    4. Pulverizar com chá de coentro frio;
    5. Regar uma vez com polpa de cebola e água mineral, coada.

    Abraços.

  • arnaldina ribeiro comentou dia 03 de setembro:

    Gostaria de saber se a Kaizuka tem raizes que poderão prejudicar a construção se plantada a 0,50 cm da casa? A raiz dessa planta, se espalha ou desce em sentido vertical? Queria também de saber qual a palmeira que posso plantar junto da casa e perto da fossa?

  • Raul Cânovas comentou dia 18 de setembro:

    Arnaldina,

    As raízes da kaizuka são fasciculadas ou em cabeleira, como também são chamadas. Fibrosas, formam uma massa de raízes com, aproximadamente, a mesma profundidade e diâmetro. A distancia da parede deve ser maior considerando que, quando adulta, alcança mais de 10 metros de altura e um diâmetro de 3 metros.

    Precisaria saber em que cidade mora, para lhe aconselhar qual palmeira é ideal e compatível com o clima de sua região.

    Abraços,

  • fabricio comentou dia 16 de outubro:

    minha kaizuka esta secando de baixo p/ cima o que devo fazer para salva-laela tem aproximadamente 1,5 metro.

  • inês comentou dia 17 de outubro:

    Boa noie.
    Tenho uma kaizuka que troxe para meu apartamento,
    embora recebendo sol pela manhã ela começou secar
    estou preocupada que ela vai morrer.Poderia me
    ajudar? O que poderia fazer para reanimá-la?
    Por favor me ajudem.
    grata
    Inês

  • inês comentou dia 17 de outubro:

    Boa noie.
    Tenho uma kaizuka que troxe para meu apartamento,
    embora recebendo sol pela manhã ela começou secar
    estou preocupada que ela vai morrer.Poderia me
    ajudar? O que poderia fazer para reanimá-la?
    Por favor me ajudem.
    grata
    Inês

  • Anette comentou dia 18 de outubro:

    Olá, comprei a uns 3 meses uma kaizuka de vaso, ela ficava na minha varanda onde só pegava sol a tarde, molhava 1 vez na semana bem pouco ela estava indo bem, a alguns dias ela começou a amarelar, então transportei ela pra um vaso maior em terra adubada e bem drenada, pulverizei com foliar 4-14-08 e coloquei nos fundos aonde pega sol pleno, só que continua amarelando cada dia mais. oque devo fazer para recupera-la? me ajude. Obrigada
    Anette

  • Ana paula comentou dia 26 de outubro:

    Olá,recentemente comprei uma kaizuca e plantei na entrada de minha porta.Gostaria de saber como faço pra rega-la. Tem que ser todos os dias ou algumas veses por semana. lembrando que a minha kaizuca esta no solo.

  • elaine patricia c rodrigues comentou dia 11 de novembro:

    ola raul comprei uma kaizuka mas morreu nem cheguei a colocar no vaso acho q molhei demais comprei outra queria por no canteiro mas e muito umido ou coloco no vaso grande por faor me oriente um abraço elaine ah! moro no rio sera q o clima vai ajudar

  • Raul Cânovas comentou dia 27 de novembro:

    Fabricio,

    O sol é necessário para o bom desenvolvimento dela. As regas devem ser limitadas já que não admitem solos encharcados.

    A seca dos galhos pode estar relacionada à infestação de ácaros que podem ser combatidos pulverizando a planta com Kumulus ou Dimy enxofre ou, ainda, com Bometil.

    Uma adubação com fertilizante Kristalon 19-06-20 + micronutrientes pode ajudar na recuperação de sua kaizuka.

    Abraços,

  • Raul Cânovas comentou dia 27 de novembro:

    Bom dia Inês,

    A kaizuka é uma espécie que não suporta desenvolver em um ambiente interno. Precisa de sol. A única coisa que pode fazer é planta-la em uma área externa.

    Abraços,

  • Raul Cânovas comentou dia 27 de novembro:

    Oi Anette,

    Não sei em que região você mora. No entanto tenho insistido sobre a kaizuka, ensinando nos meus comentários a usa-la apenas nas regiões de clima temperado ou subtropical de montanha. E uma planta que precisa de sol o dia todo, para que este, com seus raios, atinja toda sua estrutura. O 4-14-8 não é indicado para a kaizuka, essa fórmula estimula a floração, o que não é o caso dela. Tente pulverizações com Fertilizante Ourofertil 00-00-60 ou Fos Way 00-30-20.

    Abraços,

  • Raul Cânovas comentou dia 14 de dezembro:

    Oi Ana Paula,

    As regas dependem das horas de sol que ela recebe. Orientada para o Norte deve ser regada, agora no verão, diariamente, sem encharcar o solo. Caso contrario 3 vezes por semana.

    Abraços,

  • Andreza comentou dia 17 de dezembro:

    Bom dia Raul.
    Tenho um terraço a céu aberto em minha casa, para decora-lo, comprei duas Kaizukas de aprox. 1,50 mts cada, fiz a transplantação em vasos com argila expandida, manta de fibra natural, o torrão da kaizuka e completei com terra preta adubada e argila expandida por cima para a terra não cair quando há chuvas. As rego duas vezes por semana em tempos secos no final da tarde ou a noite, porém o clima agora é muito chuvoso. Em novembro, vários galhos começaram a amarelar. Semana passada, apliquei uma tampa de adubo NPK 10-10-10 diluído em 1,3 lts de água e esta semana encontrei em sua terra vários cogumelos quase transparentes pequenos (eu não sei classificar o que é exatamente). Estou com medo de perder minhas kaizukas e, sinceramente não sei o que fazer. Tenho o Calpik (sulfato de cobre) e não sei se devo aplicar em seus galhos/folhagem e/ou se posso coloca-las em local coberto interno com meia sombra para que elas não peguem tanta chuva. Será que vocês poderiam me ajudar? Grata.

  • Raul Cânovas comentou dia 17 de dezembro:

    Oi Elaine,

    Como já tenho comentado em respostas anteriores a Kaizuka precisa de alguns cuidados, a saber:

    O sol é necessário para o bom desenvolvimento delas. Mas as regas devem ser limitadas já que não admitem solos úmidos ou encharcados. Pode ser plantada diretamente na terra, isto favorece seu crescimento, que é grande.

  • BETINA comentou dia 02 de janeiro:

    tenho uma kaizuka a 7 meses, replantei a mesma e ela ficou maravilhosa. a planta ficava em local somente com luminosidade, mas nao no sol direto.
    ocorre que a cerca de um mes me mudei, e a mesma passou a ficar em local com sol direto. regava a mesma todos os dias, mas a árvore passou a ficar com as folhas bem amareladas e bem debilitada, tirei a maioria das filhas amarelas, ela ficou bem mucha mesmo, e quero muito salvar a minha árvore. O que faço? tirei ela do sol direto, esta agora em local claro, com sol direto apenas e somente até as 10:00 da manhã. por favor me ajude a salvar a minha planta. Obrigada. Betina

  • Raul Cânovas comentou dia 28 de janeiro:

    Boa tarde Andreza,

    Não tem muito a fazer, apenas deixe as kaizukas expostas ao sol, nunca na sombra. Não adube e polvilhe o solo dos vasos com calcário dolomítico.

    Abraços,

  • juliano mendes bronte comentou dia 06 de março:

    Olá Raul,gostaria de obter informações sobre como plantar e cultivar a especie kaizuka,gostaria de pegar as mudas c no minimo 60cm e transplantar p a terra,a pergunto sobre clima,temperatura,area,adubos,fertilizantes indicados,crecimento estipulado,prevençoes,e risco de perdas..gostaria de cultivar umas 1000.obrigado

  • selma teixeira comentou dia 05 de maio:

    Olá, tenho um pequeno jardim em minha casa e gostaria de plantar duas kaizukas na lateral da cas em um espaço de mais ou menos 5 mts de comprimento, é aconselhável? Vc indicaria outra especie de planta?
    Abraços

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 08 de maio:

    Oi Selma.
    Esta espécie pode ser plantada neste espaço. É uma planta muito bonita tanto quando se deixa ela crescer naturalmente e também quando é realizada topiaria.
    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias STIHL.
    Colaborou para esta resposta o Engenheiro Agrônomo, Marcelo Klein

  • Valdize Gonçalves Lopes de Barros comentou dia 09 de maio:

    Bom dia, to comprando uma kaizuka para plantar numa área em frente minha casa, com mais ou menos 2m. É o suficiente? Gostaria de saber se esta planta cresce lentamente ou rápida? em quantos anos ela atinge 2m de altura?

  • Ivane comentou dia 11 de maio:

    Olá, plantei 2 kaizukas de aproximadamente 5 metros de altura em meu jardim há 6 dias. Fizemos uma cova de um metro de diâmetro por um pouco mais de um metro de profundidade. A terra usada foi a mesma retirada do solo (terra vegetal vermelha). Preciso saber se posso adubá-la logo ou devo esperar que ela se recupere. Nesses primeiros dias fiz a rega diariamente, é isso mesmo? Me dê alguma orientação específica para esse caso. Por favor.

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 13 de maio:

    Oi Valdize.
    O crescimento desta planta é de lento a moderado. Para atingir 2 metros influi muito o tamanho e o vigor da muda, além do clima e condições do solo no local onde você vai plantar. Adube bem a cova, de modo que a planta não precise ter um crescimento radicular tão vigoroso para buscar nutrientes. Mais pra frente você pode também limitar o crescimento desta planta através de topiaria.
    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias STIHL.
    Colaborou para esta resposta o Engenheiro Agrônomo, Marcelo Klein

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 16 de maio:

    Teria sido interessante se tivesse feito uma adubação no momento da abertura da cova. Agora o recomendado é que espere a planta se estabelecer e após isso faça uma adubação de cobertura. Ela pode ser feita via mineral, utilizando o adubo 04-14-08 (500g/planta) e também orgânica, utilizando húmus ou composto orgânico ao redor da planta (2 – 5 kg).
    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias STIHL.
    Colaborou para esta resposta o Engenheiro Agrônomo, Marcelo Klein

  • Evelin comentou dia 19 de maio:

    Raul, respeito, mas discordo totalmente de suas colocações, alías é preciso sair da mesmice que paisagista projetam somente palmeiras e plantas tropicais. Se a planta se adapta e agrada o proprietário, ela é perfeita. Palmeiras pra mim só deveriam ser usadas no litoral. O sul do Brasil apresenta plantas trazidas de paises frios como a Kaizuka que é belísima, versátil e resistente.

  • Leticia comentou dia 26 de maio:

    Ola,boa noite.
    Comprei 2 kaizuka adulta esta bem cheia na copa com 2 tronco, mas nos pes esta ralinho como preparar a terra para tira-la do vaso.
    att

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 29 de maio:

    Oi Letícia, recomendamos que você leia o nosso post que dá algumas dicas para recuperar ou preparar o solo. Certamente ele vai te ajudar.
    http://www.jardimdasideias.com.br/661-reparando_um_solo_acido_e_pobre_em_nutrientes_
    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias STIHL.
    Colaborou para esta resposta o Engenheiro Agrônomo, Marcelo Klein

  • Lucí Mara Paiotti comentou dia 03 de junho:

    Boa tarde!
    Tenho um kaiazuca de 6m em frente de casa e reparei que está inclinado.
    Lí sobre suas raizes em forma ramificadas, como cabelo e densas, que sua altura tende aos 7 m e estou preocupada com a segurança. Como proceder, construir um apoio, uma mão francesa com o solo, etc..

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 05 de junho:

    Oi Lucí.

    O interessante seria você ter tutorado a planta quando ela ainda era menor. Vale o velho ditado de que a vara tem que ser dobrada nova. Uma alternativa a ser avaliada é tentar “endireitar” a planta utilizando cordas ou estacas de madeira reforçadas. No geral, essas plantas são bastante resistentes a ventos, principal motivo de quedas de árvores.

    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias STIHL.
    Colaborou para esta resposta o Engenheiro Agrônomo, Marcelo Klein

  • Fernanda Alencar comentou dia 19 de junho:

    Olá!

    Comprei 2 kaizukas para colocar na frente da minha casa. Elas tem aproximadamente 1,60m de altura. Qual a profundidade ideal da cova? Ela se desenvolve bem em vaso? Estou preocupada pela limitação de espaço que tenho. Pode me ajudar por favor?

    Parabéns pelo site! Ele certamente ajuda muitas pessoas!

    Grande abraço!

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 19 de junho:

    Olá Fernanda
    O crescimento desta planta é de lento a moderado. Para atingir 2 metros influi muito o tamanho e o vigor da muda, além do clima e condições do solo no local onde você vai plantar. Adube bem a cova, de modo que a planta não precise ter um crescimento radicular tão vigoroso para buscar nutrientes. Mais pra frente você pode também limitar o crescimento desta planta através de topiaria. O ideal é fazer o plantio dela em solo.
    Abraço,
    Equipe Jardim das Ideias STIHL.

  • Rodrigo comentou dia 13 de agosto:

    Olá tenho uma Kaizuka plantada junto à um mini lago de carpas. Mudei ela de lugar e durante a remoção acabei estourando a parte mais grossa da raiz dela tendo sobrado uns 40cm deste seguimento, a árvore tem 1m. Desde o replantio ela começou a secar, as folhas começaram a ficar secas de baixo pra cima, dentro pra fora. Estou pensando em retirar a planta do lago e passar para um vaso grande e colocar com o substrato correto. Gostaria de saber qual a melhor forma de proceder para recuperar meu arbusto. Moro em São Paulo e ela recebe sol direto durante 10h por dia.

  • Rodrigo comentou dia 13 de agosto:

    Olá tenho uma Kaizuka plantada junto à um mini lago de carpas. Mudei ela de lugar e durante a remoção acabei estourando a parte mais grossa da raiz dela tendo sobrado uns 40cm deste seguimento, a árvore tem 1m. Desde o replantio ela começou a secar, as folhas começaram a ficar secas de baixo pra cima, dentro pra fora. Estou pensando em retirar a planta do lago e passar para um vaso grande e colocar com o substrato correto. Gostaria de saber qual a melhor forma de proceder para recuperar meu arbusto. Moro em São Paulo e ela recebe sol direto durante 10h por dia.

  • Rodrigo comentou dia 13 de agosto:

    Olá tenho uma Kaizuka plantada junto à um mini lago de carpas. Mudei ela de lugar e durante a remoção acabei estourando a parte mais grossa da raiz dela tendo sobrado uns 40cm deste seguimento, a árvore tem 1m. Desde o replantio ela começou a secar, as folhas começaram a ficar secas de baixo pra cima, dentro pra fora. Estou pensando em retirar a planta do lago e passar para um vaso grande e colocar com o substrato correto. Gostaria de saber qual a melhor forma de proceder para recuperar meu arbusto. Moro em São Paulo e ela recebe sol direto durante 10h por dia.

  • Rosangela comentou dia 20 de agosto:

    Bom, tenho lido sobre como plantar o kaisuka...tenho duas mudinhas de 40cm cada e quero plantá-las direito no chão. Insisto em perguntar se somente o sol da manhã não é necessário (até as 10hs). o local onde quero plantar não é encharcado. Se sim, teria que ser regado quantas vezes por semana. moro no sul do Es e aqui é um dos lugares que menos chove nessa face da terra e o clima é quente... obrigada

  • mássimo celani comentou dia 24 de agosto:

    tenho em minha casa 2 arvores kaizuca já de enorme tamanho mas que ultimamente tem apresentado uma queda muito grande de folhas secas e nos troncos apresentando muito mofo. O que devo fazer para salvalas

  • mássimo celani comentou dia 24 de agosto:

    tenho em minha casa 2 arvores kaizuca já de enorme tamanho mas que ultimamente tem apresentado uma queda muito grande de folhas secas e nos troncos apresentando muito mofo. O que devo fazer para salvalas

  • mássimo celani comentou dia 24 de agosto:







    tenho em minha casa 2 arvores kaizuca já de enorme tamanho mas que ultimamente tem apresentado uma queda muito grande de folhas secas e nos troncos apresentando muito mofo. O que devo fazer para salvalas

  • Sheila Rosa comentou dia 30 de agosto:

    Parabenizo vocês do Jardim das Idéias por manter sempre o cuidado com os internautas, respondendo a todas as perguntas! Parabéns pelo carinho com as plantas e com as pessoas!

  • Rosangela comentou dia 04 de setembro:

    Ola boa tarde.... tenho duas mudinhas de 40cm e quero coloca-las no chão.o local só pega sol da manhã tem importancia? qual o diametro dela, pq quero plantar uma do lado da outra.obrigada

  • Jacinta comentou dia 23 de outubro:

    Boa noite Raul!
    Como diferencio uma kaizuka de uma tuia?
    Também comprei uma para cultivar em vaso na varanda do meu apartamento, que recebe bastante sol durante o dia. Quando suas folhas começaram a secar de baixo para cima, comecei a pesquisar sobre os cuidados e fiquei na dúvida sobre estas duas plantas.
    Obrigada desde já,
    Jacinta

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 01 de novembro:

    Olá, Jacinta.
    Inicialmente, nossa equipe sugere que você faça uma leitura sobre as características gerais do gênero Juniperus. Existem entre 50 a 60 espécies, todas bastante parecidas. Faça uma pesquisa especial na internet com duas espécies e procure ver se a segunda é a que te falta identificar. Juniperus chinensis torulosa e Juniperus horizontales. Acesse aqui algumas informações: http://pt.wikipedia.org/wiki/Juniperus

    Abraço,
    Equipe Jardim das Ideias STIHL.
    Colaborou para esta resposta o Engenheiro Agrônomo, Marcelo Klein

  • Evanilde Arujo Costa e Silva comentou dia 15 de dezembro:

    Gostaria muito de receber dicas de como cuidar das minhas kaizuca as minhas estão com as folhagens amareladas e não sei o que fazer.

  • Evanilde Arujo Costa e Silva comentou dia 11 de janeiro:

    Gostaria muito de comprar uma kaizuca me ajuda.Pois não sei aonde comprar

  • Evanilde Arujo Costa e Silva comentou dia 11 de janeiro:

    Quero muito comprar uma kaizuca e não sei a onde mas quero uma já grande.

  • Equipe Jardim das Ideias comentou dia 16 de janeiro:

    Olá Evenilde,

    A seca dos galhos de sua kaizuca pode estar relacionada à infestação de ácaros. Eles podem ser combatidos com a pulverização coms com Kumulus ou Dimy enxofre, Bometil ou calda sulfocalcica.
    Esperamos que suas plantas se recuperem logo!
    Um abraço,
    Jardim das Ideias

  • Deivid comentou dia 19 de janeiro:

    Olá, tenho uma muda de Kaizuka há cerca de 2 anos, está aproximadamente 1,5 metros em um vaso com volume de 12 litros. Neste natal ela foi deixada dentro da garagem, não ficou exposta ao sol diretamente, mas recebeu iluminação indireta e minha sogra irrigava ela todo dia , ficava muita enxarcada, depois de uns 30 dias assim ela foi colocada no sol novamente,mas todas as folhas amarelaram cor parecida dourada,há apenas um galhinho que está verde. Será que vou perder minha planta ? há cerca de uns 45 dias fiz adubação foliar. Agora estou fazendo controle de irrigação. O que posso fazer para salvar minha planta?

  • Rosimeire de Paiva Alves Zutautas comentou dia 20 de janeiro:

    Prezado!
    Raul, descordo se seu comentários e ainda lhe que sua mensagem é que passa a impressão de querer impressionar! Tenho as Kaizuca e Podocarpo no jardim, simplesmente por transmitir me o contrario de sua afirmaação. São plantas simples de um únivo verde que agracia os olhos e acalma a mente!
    Outra coisa: As pessoas tem gosto diferentes e tem gostos diferentes e podem sim tem em sua em seu lar, o lugar onde voltamos depois de um dia exaustivo de trabalho e nos finais de semana poder contemplar o lindo e sereno verde que essas espécies transmitem. O que é simples para você? Acha que usou de simplicidade nessa autoria?!

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 24 de janeiro:

    Olá Evenilde,

    A única opção é procurar em viveiristas ou floriculturas de sua cidade ou região.

    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 31 de janeiro:

    Olá Deivid,
    Você está no caminho certo. Diminuir a irrigação e deixar a planta num local com meia sombra é o ideal.
    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias
    *Colaborou com a resposta o engenheiro agrônomo Marcelo Klein.

  • Thiago comentou dia 06 de fevereiro:

    Boa noite. Meu jardim tem um canteiro central com um quadrado de 2 metros de lado. Plantei quatro kaizukas, uma em cada quina desse quadrado. Atualmente estão muito bonitas e com uns três metros de altura. Mas temo que se alarguem muito e fiquem muito amontoadas quando estiverem maiores. Elas crescem muito para os lados, posso resolver isso sempre podando? Obrigado.

  • sandra comentou dia 15 de fevereiro:

    Boa noite!
    Tenho em vaso dois kaizukas e gostaria de planta-las no chão para que elas cresçam mais, em que época do ano seria melhor fazer esta mudança? E o que devo misturar na terra para replanta-la? Obrigada,
    Sandra.

  • Denise comentou dia 18 de fevereiro:

    Olá, bom dia, sou de Sc e adoro kaizucas, tive na minha casa 15 anos, mas mudei para a praia e gostaria de saber se elas se adaptam ao clima. Minha casa fica em uma esquina, porém pega sol e vento. As floras por aqui me disseram que sim, mas se puder me ajudar agradeço. Qual a distância devo deixar da parede frontal?
    Aguardo seu retorno, grata,.........Denise!

  • joyceroehrs@yahoo.com.br comentou dia 18 de fevereiro:

    conhecer símbolo kaizuca

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 19 de fevereiro:

    Thiago, olá

    Você poderá fazer podas de formação, moldando a planta para que fiquem do jeito que você quiser.

    Esperamos ter ajudado.
    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias
    *A resposta contou com a colaboração do engenheiro agrônomo Marcelo Klein.

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 10 de março:

    Olá Sandra,
    Depende muito da região em que você mora. Caso more numa região de clima temperado como no sul do Brasil, o ideal é fazer esse replantio na primavera, a partir de setembro. Caso more numa região mais tropical, o ideal é fazer no período das chuvas. Compre adubo orgânico e faça um cova razoavelmente grande, no mínimo 02 vezes o tamanho do volume que irás transplantar. Misture o substrato ao solo e faça o transplante, não esquecendo de irrigar com freqüência até o completo pegamento das plantas.

    Esperamos ter ajudado.
    Abraços,
    Equipe Jardim das Ideias
    *A resposta contou com a colaboração do Engenheiro Agrônomo Marcelo Klein

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 10 de março:

    Olá Denise!

    São plantas bastante rústicas que se adaptam a diversos tipos de clima. Compre mudas de qualidade e faça uma boa adubação no plantio. Um espaçamento de 03 metros do muro e entre plantas é um indicativo interessante.

    Esperamos ter ajudado.
    Abraços,
    Equipe Jardim das Ideias
    *A resposta contou com a colaboração do Engenheiro Agrônomo Marcelo Klein

  • Fatima Frezza comentou dia 01 de abril:

    tenho lido muita coisa sobre a kaisuka .Mas o que eu preciso saber nâo aparece nenhum comentário , então a pergunta é a seguinte . Tenho duas caisucas de um metro foram plantadas em fevereiro éla estão ficando muito abertas nâo estão ficando muito cilíndricas ou em forma de cone me ensinaram passar uma corda em volta pra que fique cilíndrica isto é verdade me respondam por favor

  • Fatima Frezza comentou dia 01 de abril:

    Gostaria que minhas kaisukas ficassem bem cilíndricas bem cônicas o que fazer adorooooo éla

  • IARA JUNQUEIRA BARBOSA comentou dia 04 de abril:

    Tenho um canteiro retangular, no passeio em frente a minha casa, de medida 1,10 x 0,40 mt. É possível plantar duas kaizuka neste espaço? Grata

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 14 de abril:

    Olá Fatima,
    Sim, você pode usar deste artifício para moldar sua planta.

    Esperamos ter ajudado.
    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias
    *esta resposta contou com a colaboração do Engenheiro Agrônomo Marcelo Klein

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 23 de abril:

    Olá Iara,
    Como o sistema radicular não é tão agressivo, é possível plantar nesse espaço.
    Esperamos ter ajudado!
    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias
    *esta resposta contou com a colaboração do engenheiro agrônomo Marcelo Klein

  • Darvin Messa comentou dia 20 de maio:

    Raul, recentemente percebi que abelhas cachorrinho então fazendo buracos no tronco da minha kaizuka pra beber a seiva. Nenhum jardineiro que conversei viu isso na profissão. A árvore está sentindo e tem tantos buracos que parecem feridas. Tenho matado as abelhas com raquete elétrica e obviamente não venço a luta. Nao queria matar abelhas. Tem alguma saída?

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 02 de junho:

    Olá Darvin,
    Plante outras espécies de floração abundante e que sejam mais atraentes a essas abelhas como o maracujá e o manjericão, por exemplo.
    Esperamos ter ajudado!
    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias
    *esta resposta contou com a colaboração do engenheiro agrônomo Marcelo Klein

  • Elisa comentou dia 03 de junho:

    Boa tarde, por favor gostaria de um conselho para que minha muda de 0,60cm de Kaizuca fique bem. Ela esta torta, é assim mesmo? ou devo colocar uma madeirinha para que ela cresca reta? Muito obrigada.

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 11 de junho:

    Olá Elisa,
    Você pode fazer o tutoramento da sua planta. Para tal poderás utilizar uma ou mais estacas e também barbantes para atá-la.

    Esperamos ter ajudado!
    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias
    * colaborou com a resposta o engenheiro agrônomo Marcelo Klein

  • Luciana comentou dia 25 de junho:

    Para disfarcar o muro no quintal, com quase 4 metros de altura, plantamos kaisukas, podocarpos e até um pé de limão tahiti. Gostaria de saber se existe algum risco dessas plantas abalarem a estrutura do muro.
    Obrigada,
    Luciana

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 27 de junho:

    Olá Luciana!
    Se você deixou pelo menos 01 metro de distância da fileira de plantas e do muro está tranquilo quanto às kaisukas. Quanto ao limão tahiti, você pode fazer podas anuais nele, de modo que o porte da planta fique baixo e a deixe menos vigorosa.
    Esperamos ter ajudado!
    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias
    *colaborou com esta resposta o engenheiro agrônomo Marcelo Klein

  • Eunice Nicolielo comentou dia 01 de julho:

    tenho algumas arvores de cipreste italiano com mais de 30 anos de idade,frondosas e bonitas, mas que não dá sementes. Gostaria de saber como reproduzir mudas dessas arvores.

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 02 de julho:

    Olá Eunice,
    Você pode fazer a multiplicação por estaquia.
    Esperamos ter ajudado!
    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias
    *colaborou com a resposta o engenheiro agrônomo Marcelo Klein

  • Maria Cristina comentou dia 10 de julho:

    Boa tarde,

    gostaria de saber se as raízes de Kaizuka plantadas numa jardineira ao lado da piscina podem invadir tubulações e canos das adjacências, como ocorre com algumas espécies de planta com o Ficus.

    Obrigada

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 17 de julho:

    Olá Maria Cristina,
    Elas não são nem de longe tão agressivas quanto as de Ficus. Havendo uma distância mínima de 02 metros creio não haver problemas.
    Esperamos ter ajudado!
    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias
    *Colaborou com a reposta o engenheiro agrônomo Marcelo Klein.

  • marcela cortes comentou dia 21 de julho:

    Boa tarde! Meu pinheiro esta' secando os galhos e folhas inferiores.(de baixo para cima). O que devo fazer? Posso cortar os galhos rente ao caule, para que nasçam novos galhos e folhas nesse mesmo lugar?

  • Equipe Jardim das Ideias STIHL comentou dia 25 de julho:

    Olá Marcela!
    Pode cortar, sim! Sem problemas!
    Esperamos ter ajudado!
    Um abraço,
    Equipe Jardim das Ideias
    *colaborou com a resposta o engenheiro agrônomo Marcelo Klein

  • Davi comentou dia 12 de setembro:

    Oi Amigo! Minha kaizuka estava linda, porém sofreu ataque de abelha arapua, que faziam buracos nela para chupar a seiva. Resolvi passar óleo de neen e queimei a planta toda. Aparentemente não morreu mas tá 90 por cento queimada. O que faço? Não quero arrancar uma planta dessas.

  • davi comentou dia 12 de setembro:

    Passei óleo de neen pra defender das abelhas e esse óleo secou vários galhos, queimou, não sei se corto os galhos ou se perdi a árvore. Obrigado pelas respostas sempre.