Conheça as seis flores mais caras do mundo

Quando criamos um jardim de flores, um dos ganhos é com a aparência. Mas quanto se gasta para cultivar as mais belas flores? O Jardim das Ideias vai te trazer as seis espécies de flores mais caras do mundo. Você sabia que uma pode custar mais de um milhão? Então segue a lista:

6 – Flor de Açafrão: flor de açafrão? Mas não é um tempero? É sim e ele é retirado do estame (órgão masculino das plantas que produzem flores) da flor para cultivação desta especiaria.  Não é exatamente uma flor cara, porém, para a produção de um quilograma de açafrão, é necessário 150 mil flores, estimadas em 725 euros.

5 - Orquídeas Sapatinho de Senhora: não é de hoje que as orquídeas são uma das espécies mais lindas, tanto que você vai encontrar mais duas nesta lista! Esta é um tipo selvagem, que você só encontra na Europa. Uma muda pode ser comercializada pelo valor de cinco mil dólares.  

4 - Orquídea Dourada de Kinabalu: infelizmente, esta orquídea encontra-se em vias de extinção. Ela pode ser encontrada em uma pequena área do Parque Nacional de Kinabalu, na ilha de Bornéu, na Malásia. Essa espécie rara pode demorar até 15 anos para florescer e custa cerca de 3.620 euros.

3 - Orquídea Shenzhen Nongke: esta outra espécie de orquídea foi produzida pelo grupo chinês Shenzhen Nongke, resultado de oito anos de pesquisa. No ano de 2005, um comprador anônimo chegou a pagar 193.150 euros.

2 - Rosa Juliet: o criador desta planta, o inglês David Austin, levou cerca de 15 anos para cultivar esta espécie, que se destaca pela beleza. Essa linda flor também é conhecida como “a flor de 15,8 milhões de dólares”.

1 - Flor Kadupul: que coisa, a flor mais cara do mundo está em primeiro lugar da lista justo por não ter preço! A flor tem um valor incalculável, pois é tão frágil e rara que nasce e morre em poucas horas. Ela é uma espécie oriunda do Sri Lanka e devido ao ciclo de vida muito curto, ganhou status de mítica. 

Lindas, né? O que você acha do preço? Vale investir nessas belezas? Deixe nos comentários! 
Comentários
Voltar para a página inicial