Plantas espontâneas que crescem no jardim

  • Tansagem
  • Serralha
  • Caruru
  • Mastruz
Sabe aquelas plantinhas que cresce de forma espontânea no jardim? Na verdade são espécies de plantas que têm por característica surgir de forma natural. Muita gente chama-as de ervas daninhas ou até mesmo pragas, no entanto, algumas têm poderes medicinais ou ainda podem ser usados na culinária. Ficou curioso? Vem que a gente vai falar mais sobre isso aqui neste post!

Há uma grande variedade dessas plantas “invasoras”, mas suas presenças variam de região e de solo. Por isso, não adianta tentar cultivar: se não for o ambiente propício, não irá vingar. Selecionamos algumas das mais populares, confira: 

Dente-de-leão: quem quando criança não brincou com esse mato? Típico do inverno, suas folhas têm sabor amargo, você pode usar as mais novas em saladas.

Tansagem: cresce em solos pouco usados e em períodos de temperaturas mais amenas do ano, geralmente nas regiões Sul e Centro-Oeste. 

Serralha: se propaga facilmente através do vento, sendo que a vegetação acontece em épocas de clima mais ameno. A serralha geralmente invade áreas agrícolas, pastagens, terrenos baldios e hortas. Dê preferência para fazer a colheita antes do aparecimento das flores, para poder aproveitar a planta em forma de chá ou ainda crua, em saladas, sopas e outras receitas. 

Caruru: conhecido popularmente como amaranto. Sua presença é mais frequente em locais ricos em matéria orgânica. Você pode usar as sementes para saladas e sucos. 

Mastruz ou erva-de-santa-maria: você sabia que ela é usada popularmente como inseticida doméstico para afastar pulgas? Encontra-se em quase todas as regiões, com suas folhas sendo usadas como especiaria principalmente no México. 

Beldroega: preste atenção nessa planta, se ela crescer no seu jardim, é um bom sinal, já que ela só cresce em solo rico em matéria orgânica. Com propriedades diuréticas, as folhas podem ser consumidas cruas em saladas, omeletes, sanduíches e outras receitas.  

Tem alguma planta que costuma crescer de forma espontânea no seu jardim? Conte para nós! 
Comentários
Voltar para a página inicial