Razões para ter um cacto em casa

  • 23 de fevereiro de 2015
  • Categoria: Árvores
A vida é corrida e você não tem tempo para cuidar do jardim como você gostaria? Um cacto pode mudar completamente a sua relação com as plantinhas! Há vários tamanhos, dos maiores aos bem pequenos, e você pode escolher o que melhor se encaixa com a sua casa. Ainda não está convencido? Confira então 5 razões para ter um cacto:

1) Cactos armazenam água de forma diferente, absorvendo e mantendo o líquido dentro da planta por muito mais tempo do que outras espécies. Então, se sua vida é corrida, nem precisa se preocupar em regar o vasinho todos os dias. Curiosidade: o cacto deve ser regado uma vez a cada 7 dias, não mais do que isso.

2) Sua casa pega muito sol? Melhor ainda! Essa espécie adora – e precisa – receber horas de luminosidade direta. Quanto mais sol, mais bonita e viva a planta fica!

3) Mora em apartamento? Há cactos pequenos a ponto de caberem dentro de um pote de vidro. Já para quem tem um quintal maior em casa, outros cactos são considerados “plantas de grande porte”. A similaridade entre ambos? Eles sempre podem crescer em vasos!

4) A poda nunca será um problema! Como esse tipo de planta não precisa de corte – até mesmo para não perder sua forma original – esse é um fator com o qual você não precisa se preocupar.

5) É sempre bom ter um pouco de natureza em casa. O cacto é uma ótima opção para pessoas que não tem nenhuma experiência com jardinagem. Ele é uma planta forte e de grande resistência.

Os Cactos pertencem à família Cactaceae e possuem aproximadamente 84 gêneros e umas 1.400 espécies nativas das Américas. Eles podem ser plantados a partir de mudas e também sementes compradas em lojas especializadas em jardinagem. Porém, mesmo com sua fácil adaptação a lugares extremos, cuide direito da brotação para que ele se desenvolva saudável. Garanta que sua plantinha estará bem verificando o nível e água, ar e a quantidade de sol que ela recebe.

E você, tem cactos em casa? Como você cuida deles? Conte para a gente aqui nos comentários!
Comentários
Voltar para a página inicial