11 plantas tóxicas comuns no Brasil

11 plantas tóxicas comuns no Brasil

Algumas plantas vistas em diversas regiões do Brasil, apesar de primorosas, trazem surpresas desagradáveis para quem ousar tocá-las. Estes adornos vistos em jardins são tóxicos e extremamente perigosos para a saúde, podendo até mesmo causar a morte de quem não procurar ajuda médica rapidamente.

De acordo com o dossiê “Plantas tóxicas mais comuns no Brasil”, desenvolvido por Eduardo Henrique da S. F. Matos em parceria com o Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas, os principais sintomas vistos em quem ingeriu plantas tóxicas são: inchaço nos lábios, boca e língua, ânsia de vomito, diarreia, salivação, asfixia e vermelhidão.

Em todos os casos, é de extrema importância a ida do indivíduo para o hospital, local onde receberá o tratamento completo para a diminuição dos sintomas – a principal indicação para estes casos é o esvaziamento gástrico, procedimento que diminui a exposição do organismo ao elemento tóxico.

A seguir, confira a lista plantas tóxicas comuns no Brasil.

1. Comigo-ninguém-pode (Dieffenbachia seguinte): todas as partes da planta.
2. Tinhorão (Caladium bicolor): todas as partes da planta.
3. Taioba-brava (Colocasia antiquorum Schott): todas as partes da planta.
4. Copo-de-leite (Zantedeschia aethiopica): todas as partes da planta.
5. Bico-de-papagaio (Euphorbia pulcherrima): todas as partes da planta.
6. Coroa-de-Cristo (Euphorbia milii): todas as partes da planta.
7. Avelós (Euphorbia tirucalli): todas as partes da planta.
8. Mamona (Ricinus communis): sementes.
9. Cinamomo (Melia azedarach): frutos e chá das folhas.
10. Urtiga (Urtica): pelos do caule e folhas.
11. Espirradeira (Nerium oleander): todas as partes da planta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *